quinta-feira, 28 de maio de 2020

"Facebook não deve ser o árbitro da verdade", diz Zuck

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, disse à CNBC nesta quinta-feira (28) que as empresas de mídias sociais não deveriam policiar o discurso político e que "as pessoas deveriam poder ver o que os políticos dizem".


Em uma outra entrevista à Fox News, Zuckerberg falou "que o Facebook não deve ser o árbitro da verdade de tudo o que as pessoas dizem online".