sexta-feira, 10 de abril de 2020

O Yelp demitiu 1.000 funcionários

É difícil pensar em um momento mais desumano para demitir, certo??? Mas, de acordo com alguns funcionários furiosos, o Yelp, uma empresa que cobra para dar feedbacks positivos à estabelecimentos comerciais e também recomendá-los, demitiu cerca de 1.000 funcionários.

Além das demissões, outros 1.100 funcionários estão agora em licença. Esses funcionários ficarão em licença não remunerada até novo aviso.

A empresa não descobriu como automatizar a extorsão.